O primeiro dia sempre começa bem antes, com sonhar. Depois vem planejar, adiar, mudar, replanejar, suar e, finalmente, começar.

A LabPub começou, oficialmente, no dia 18/12/2017. Mas, antes disso, teve tudo isso.

Começar algo no fim do ano, numa segunda-feira pré-Natal, num escritório coworking (Valeu, pessoal do Expresso 323) no conjunto Nacional, em plena Avenida Paulista é muito simbólico. Comigo aqui em São Paulo e o André Castro na Suíça, o que demonstra bem o quanto acreditamos e vivemos um “EAD” diário.

Logo depois da divulgação oficial, e-mails pessoais, mensagens de parabéns e os primeiros contatos perguntando sobre o MBA Book Publishing e outros cursos. Foi bem legal ver o sorrisão do Eduardo, nosso gerente “gente boa” de relacionamento, correndo e respondendo todos. O almoço das 12h foi para às 13h30 e virou meia dúzia de esfirras.

A primeira inscrição também veio. Os primeiros seguidores no Instagram, as primeiras curtidas no FaceBook.

Nossas primeiras risadas vieram com o primeiro telefonema no celular da empresa. Era engano. E tivemos os primeiros “só mais dez minutos para eu ir embora que viraram uma hora”. Mas saímos. Nossa primeira volta para casa depois do primeiro dia de operação da LabPub. Nossos primeiros empregos ficaram num bem distante passado, mas a sensação é muito parecida.

A noite, vieram os números do dia, trazidos pelo André, claro. (ainda bem ter gente que gosta de números ao nosso lado!). Os primeiros resultados, primeiras celebrações.

Agora, a primeira insônia gerada pela euforia LabPub! E o primeiro texto para o blog.

O último pensamento do primeiro dia é muito claro: um memorável primeiro dia, de muitos.

 

rawpixel.com